Categoria: Tributação

Desconto para parcela única do IPTU chega a 10% em Goiânia

O IPTU Goiânia poderá ser obtido através da internet. Por enquanto, a prefeitura ainda não trouxe mais informações a respeito do IPTU de Goiânia 2020, mas assim que isso ocorrer iremos atualizar as informações para você poder consultar.

IPTU 2019

Quitação do IPTU

Esse imposto obrigatório e anual é um dos primeiros que devem ser pagos pelos contribuintes que possuem imóveis registrados nesta cidade. Goiânia é uma cidade que fica no estado de Minas Gerais, é considerada a segunda maior do estado.

Pagamento do tributo poderá ser adiantado

O valor do IPTU 2020 a ser pago depende muito das características do imóvel. Você poderá fazer a emissão da segunda via pela internet, onde será possível ter em mãos o documento de pagamento onde constaram o valor a ser pago.

A prefeitura da cidade ainda não divulgou a nova alíquota para o cálculo desse imposto. No exercício anterior o aumento foi de 9%, para o ano de 2019 essa informação ainda não foi divulgada.

Como emitir a 2ª via

A prefeitura procura enviar o carnê de pagamento para o endereço de cada contribuinte. Pode ocorrer de alguém não receber ou até mesmo perder esse carnê, quando isso ocorre é possível fazer a emissão da segunda via através do site da prefeitura.

Não se preocupe porque o serviço on-line é de fácil utilização e você não terá dificuldades para utiliza-lo. Além do mais, ele fica disponível para ser acessado em qualquer horário do dia e também em qualquer dia da semana.

A seguir estão as instruções que mostram como o documento poderá ser impresso no site da Prefeitura de Goiânia, seguindo as orientações você verá como é simples obter essa 2 via IPTU Goiânia 2020 pela internet:

  • Faça a emissão da segunda via do IPTU pela internet.
  • Site da Prefeitura de Goiânia: www.uberlandia.mg.gov.br
  • Necessário preencher todos os dados pedidos para emitir a 2 via;
  • Acesse o recurso em qualquer dia da semana e em qualquer horário.

Valor e Pagamento do IPTU

No exercício anterior a prefeitura concedeu alguns descontos para que o contribuinte efetuasse o pagamento em cota única. Mas não se preocupe porque também tem opção de parcelamento, caso fique melhor para o seu orçamento financeiro.

Para o respectivo ano de 2020 é provável que a prefeitura mantenha essas mesmas opções de pagamento. Colocamos abaixo quais são as formas de pagamento IPTU para que você analise qual será a melhor opção para você:

  • Pagamento em cota única até o vencimento será concedido desconto de 5%;
  • Pagamento parcelado não tem desconto, mas pode ser efetuado em até seis vezes.

Prefeitura Municipal de Goiânia

Em caso de dúvidas, entre em contato com a prefeitura da cidade:

  • Endereço da prefeitura de Goiânia: Av. Anselmo Alves dos Santos, 600 – Santa Mônica, Goiânia – GO;
  • Telefone da Prefeitura de Goiânia: (34) 3239-2444.

Como designer deve Declarar Imposto de Renda?

Fotógrafo é uma profissão como qualquer outra e deve declarar imposto de renda. A declaração anual de rendimentos é uma das principais formas de arrecadação do Governo Federal. Todos os profissionais devem declarar e o fotógrafo não fica isento. Para quem quer como funciona a Declaração de Imposto de Renda do fotógrafo temos mais informações a seguir.

Imposto de Renda 2019

Receita Federal

Para que serve o Imposto de Renda?

O Imposto de Renda ou IR (conhecido também a “retensão do leão”) é o imposto anual sobre os ganhos de cada trabalhador. No primeiro trimestre de cada ano pessoas físicas e jurídicas (empresas) preenchem um formulário informando seus ganhos e recebendo descontos por alguns gastos.

O imposto é reconhecido pela Receita Federal e representa uma das principais contribuições do Governo Federal. A verba é usada para obras e projetos. O dinheiro é repassado para serviços públicos federais e distribuída entre governos e prefeituras.

Apesar do recolhimento ser um dos mais altos do mundo por aqui, o Brasil não é o único país para recolher. Praticamente todos os países possuem IR porque é uma das principais verbas garantidas para trabalho.

A regulamentação da profissão de fotógrafo

O fotógrafo pode atuar de diversas formas. Na maior parte das vezes é um profissional autônomo, recebendo por via contrato o pagamento avulso. Isso é burlar a lei e não declarar impostos é não permitir a arrecadação tributária sobre dinheiro em circulação. O IRPF 2019 também ajuda a controlar a economia do país.

Profissionais que querem se regularizar e declarar Imposto de Renda para ter seus benefícios devem formalizar seus serviços. Caso não trabalhem com carteira assinada (para jornais, revistas e agências, por exemplo), podem abrir um MEI – Micro Empreendedor Individual. O MEI permite ao profissional de fotografia:

  • Ter um CNPJ;
  • Emitir nota fiscal de serviços;
  • Isenção de Tributos Federais – Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL (para renda bruta anual de até R$ 60 mil)
  • Aposentadoria pelo INSS;
  • Benefícios como auxilio maternidade, auxílio doença, dentre outros;

Como o designer deve Declarar Imposto de Renda

A Declaração de Imposto de Renda do designer depende de qual a sua forma de atuação do mercado de trabalho. Se for um profissional com carteira assinada entra na declaração de Pessoa Física tradicional.

O formulário é anual e deve ser enviado sempre no primeiro trimestre de cada ano diretamente à Receita Federal por formulário virtual. Pode ser feita por qualquer um ou com a ajuda de um contador.

As datas são informadas pela mídia ou no site da Receita Federal. Por meio da tabela de taxas disponibilizada, é possível saber quanto será descontado do salário do trabalhador como forma de contribuição.

Já quem os fotógrafos com MEI devem declarar junto com a pessoa jurídica e realizar a sua declaração individual anual. Se seus ganhos ficam em até R$ 60 mil anuais é isento de IR como pessoa física, mas não deve deixar de declarar como jurídica.

Os autônomos sem MEI ou carteira assinada também podem declarar caso tenham um Decore. O documento é emitido e assinado por um contador e serve como comprovação de renda mensal e anual. O Decore é importante para os autônomos conseguirem limites em bancos, financiamentos e empréstimos.